BlogBlogs.Com.Br

Páginas

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Eu escrevo porque...

Alguns famosos, outros nem tanto. Veja o que motiva algumas pessoas a continuar escrevendo:

"Escrevo porque encontro nisso um prazer que não consigo traduzir." Clarice Lispector, em A paixão segundo G.H.;

“Escrevo porque tenho alguma habilidade para isso, porque um dia escrevi um texto qualquer, tive prazer em fazê-lo e o resultado foi bom.” Carlos Alberto Silva, em Entrevista para o Ofício Editorial;

"Escrevo para tornar visível o mistério das coisas." Vergílio Ferreira, em Pensar;

"Escrevo para que tudo o que escrevo saia de mim. Escrevo porque algo me incomoda, me invade, me faz ficar fedida, suja, impura." Bruna Célia, na crônica Preciso desesperadamente de um rumo;


"Eu escrevo apenas. Tem que ter por quê?" Paulo Leminski, no poema Razão de Ser;

"Eu escrevo porque leio. Escrever sempre me pareceu uma conseqüência da leitura." Carlos Machado, ao jornal Gazeta do Povo;

“Obviously, I write because something in my psyche went horribly wrong. " Hart Hanson, em Why We Write;

"Escrevo porque não consigo mentir olhando nos olhos das pessoas." Rodrigo Vezzá, na crônica Olhos Azuis Piscantes;

Um comentário:

Related Posts with Thumbnails